Capitalismo e Nazismo

Por Corey Robin, originalmente publicado na Jacobin Magazine

 

Comentaristas no meu blog afirmam que o gráfico

 

não nos diz nada sobre os nazistas e o capitalismo; só nos diz que a economia melhorou durante os governos nazistas. Como aconteceu nos Estados Unidos sob a gestão de FDR. Então, talvez o gráfico que trate do retorno do capital sob as direções nazistas apenas mostra uma melhoria geral na economia na década de 1930, uma melhoria  amplamente compartilhada em todo o mundo industrial?

Por sorte, Suresh Naidu, economista de Columbia, forneceu-me os seguintes gráficos.

 

Este primeiro, que vem do Capital no Século XXI, de Thomas Piketty,, compara a parcela da renda nacional que foi para o capital nos EUA e na Alemanha entre 1929 e 1938. Suresh me diz que a participação acompanha a taxa de retorno do capital .

Resumindo: o capital estava melhor sob os nazistas do que sob  FDR. Não devido ao aumento geral do desempenho econômico em um país versus o outro, mas por causa das políticas econômicas do regime. Pelo menos é o que Suresh me diz. (Normalmente, os acadêmicos devem reconhecer suas dívidas aos seus amigos e leitores, mas possuem todos os erros como seus: neste caso, eu estou culpando tudo em Suresh.).

 

 

O segundo gráfico – que vem deste fascinante artigo de Thomas Ferguson e Hans-Joachim Voth, ” A Aposta em Hitler: o valor das conexões políticas na Alemanha nazista” – acompanha o desempenho do mercado de ações na Grã-Bretanha, EUA, França e Alemanha, de janeiro de 1930 a novembro de 1933. Como você pode ver, nos primeiros meses em que Hitler chegou ao poder, a performance do mercado de ações da Alemanha foi bastante forte, superando todos os outros; apenas em julho que ele cruza os caminhos com o britânico, o segundo melhor desempenho.

 

No Twitter, Justin Paulson trouxe à minha atenção este fascinante artigo do Jornal de Perspectivas Econômicas, é chamado “A Cunhagem da” Privatização “e o Partido Nacional socialista da Alemanha”. Aparentemente, o primeiro uso da palavra “privatização” (ou “reprivatização”) em inglês ocorreu na década de 1930, no contexto da explicação da política econômica no Terceiro Reich. Na verdade, a palavra inglesa foi formulada como uma tradução da palavra alemã “Reprivatisierung”, que havia sido recentemente cunhada sob o Terceiro Reich.

Depois de me enviar este artigo, Phil Mirowski também me enviou essa peça de Germà Bel, “Contra o Mainstream: privatização nazista na década de 1930”, da Economic History Review. Este artigo também possui algumas descobertas fascinantes. Em resumo:

Em meados da década de 1930, o regime nazista transferiu a propriedade pública para o setor privado. Ao fazê-lo, eles foram contra as tendências convencionais em países capitalistas ocidentais, nenhum dos quais havia sistematicamente reprivatizado empresas durante a década de 1930.

 

 

 

Facebook Comments

C. Melo

Eu queria ser M.S.