O discurso fantasioso de Michel Temer na ONU

Michel Temer discursou nessa terça-feira na  sessão de debates da assembleia da ONU. Quem assistiu o discurso deve ter pensado que o país vai de vento em popa. A diferença entre o discurso de Temer e a realidade é gigante. Políticos são muito bons em manipular números à sua vontade. Temer por exemplo disse que o desmatamento na Amazônia reduziu 20%, quando na realidade, omitiu os números de julho que apresentam números muito parecidos com o de julho de 2016, ano em que o desmatamento atingiu recordes.

Quem ouviu o discurso de Temer também deve ter pensando que vive em outro país. Como bom político manipula a realidade e ignora os dados que lhe desmentem. Com sinais claros de recessão e atravessando uma das piores crises  econômicas da sua história, na cabeça de Temer o pífio 0,2% de avanço e as sucessivas perdas do poder de compra do brasileiro são “sinais de avanço”. Enquanto isso, os bancos e o sistema financeiro internacional segue comendo quase metade do orçamento brasileiro. Dinheiro para pagar bancos há, mas para melhorar o transporte, a educação, a saúde não tem…

Enquanto os assalariados pagam o preço da crise, os empresários e tubarões do mercado financeiro seguem nadando em rios de dinheiro. O país, contrariando o mundo fantástico de Michel Temer também assiste ao brutal desemprego (13,3 milhões de desempregados) e o aumento do trabalho informal, que no fundo é trabalho precário e sem qualquer direito trabalhista.

Michel Temer segue cortando os direitos dos trabalhadores e aprovando leis que só beneficiam os ricos e poderosos. Seu mundo de fantasia é um teatro que não corresponde a nossa realidade. 

Foto: TIMOTHY A. CLARY

 

Facebook Comments