PRECISAMOS DE VOCÊ! CARTA ABERTA DO FRIDAYS FOR FUTURE ROJAVA

Originalmente publicado no blog Make Rojava Green Again, em outubro de 2019.

Tradução de Matheus Saldanha.

Caros estudantes do Fridays For Future,

Temos acompanhado com entusiasmo os protestos e greves mundiais pelo clima. E desde que fundamos o Fridays For Future Rojava, em maio deste ano, estamos protestando e atacando ao seu lado!

Fridays For Future reuniram jovens em todo o mundo, unidos pelo entendimento de que não podemos continuar vivendo em um mundo em que a natureza está sendo destruída!

A realidade em Rojava, a região curda do norte da Síria, é muito diferente da realidade em muitos lugares, onde existem seções locais da FFF. Desde 2012, quando a revolução em Rojava começou, construímos um modelo alternativo para a sociedade – baseado nos três princípios fundamentais da libertação das mulheres, ecologia e democracia radical. Nos últimos sete anos, projetos de baixo para cima, auto-administrados e ecológicos foram criados em todos os lugares: conselhos de bairro – centros femininos – academias educacionais – um sistema escolar alternativo gratuito – cooperativas econômicas e agrícolas – e muito mais. Todas as áreas da vida foram reorganizadas de baixo para cima. No passado, tudo era governado na capital da Síria, Damasco. Agora nós nos governamos. Em todas essas novas estruturas, as mulheres se organizam autonomamente para formar um contrapeso às estruturas de poder do patriarcado.

Este sistema democrático tem sido alvo de forças reacionárias desde o início. Primeiro, a Frente Al-Nusra (uma subsidiária da Al-Qaeda) e depois o Estado Islâmico atacaram nossas cidades e ocuparam grande parte do país. Mas fomos capazes de nos libertar de seu regime cruel. O Estado islâmico foi derrotado. Mas o Estado islâmico não é um fenômeno que surgiu apenas aqui no Oriente Médio. Muitos dos jihadistas vieram para cá de países ocidentais passando pela Turquia.

Mesmo com o fim do Estado Islâmico, os ataques não pararam. No início de 2018, a Turquia liderou uma guerra ilegal de agressão e vem ocupando Afrin desde então – uma região que estava sob autoadministração antes e que era considerada uma das áreas mais seguras da Síria. Agora, a violência governa lá novamente.

Muitos jovens como nós ajudaram na defesa de Afrin. Quase toda família pode citar alguém que caiu na defesa contra o Estado Islâmico e a Turquia – alguém que foi assassinado defendendo a paz e os valores democráticos para o mundo.

Hoje, 9 de outubro de 2019, a Turquia começou a atacar. Em todos os lugares, bombas lançadas por ataques aéreos e disparadas por artilharia caem sobre nós. As forças turcas também estão tentando atravessar a fronteira em alguns lugares. Já houve muitas vítimas civis. Infraestruturas como barragens e fornecimento de energia elétrica estão entre os primeiros alvos.

Nessas horas difíceis, nos voltamos para vocês, caros amigos do Fridays For Future. Acreditamos que uma solução para a crise ecológica só é possível através da autodeterminação. Nossa economia deve ser estruturada de forma cooperativa e de acordo com as necessidades das pessoas. É isso que representa a revolução em Rojava. Fique firme, discuta esses tópicos, não se deixe enganar pela mídia, vá às ruas! Enquanto esses ataques continuarem, haverá ações de solidariedade e resistência. A campanha #Riseup4Rojava unirá todas essas ações.

Facebook Comments